sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Poema

1

O poema leva-nos sempre mais
além o poema leva-nos sempre
para além de nós para além do óbvio
para além das palavras para além
do mistério onde tudo nos é
tão familiar e tão estranho onde
tudo está ligado a tudo onde
nos sentamos no chão à sombra de
nós mesmos com um sorriso tímido
aberto no peito como uma flor.

2

Abro-me ao poema e ele 
abre-se comigo para que 
nele possas entrar

domingo, 16 de fevereiro de 2014

2 POEMAS

ALQUIMIA

Sinto-me só, tão só
e essa solidão aproxima-me
dos outros
Sinto-me triste, tão triste
e essa tristeza devastadora
é já alegria
Sinto-me vazio, tão vazio
e esse vazio é o espaço nu
em que me escrevo


ASAS

se as tuas asas te pesam
tanto que já não consegues
voar
livra-te delas e avança num
leve e determinado passo
de dança
lembra-te que a vida é
sempre um estado
de graça

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

FRAGMENTOS


1.
os meus poemas não falam de mim
nem daquilo que eu conheço
os meus poemas são espelhos em
que podes ver-te  no que desconheces
escrevo-me para que te possas ler
desconheço-me para que te conheças

2.

não podes preparar-te
para escrever assim
como não podes
preparar-te para viver
a não ser morrendo
uma e outra vez

3.
perguntas-me onde
encontrar a felicidade 
o amor a poesia
podia dizer-te
a resposta é fácil
muito fácil
mas só tu podes
responder

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Em cada instante aqui e
agora
há sempre um antes e um
depois
mas é só durante que podes ser
feliz
não fiques portanto à sua
espera
porque esse momento é
foi é
foi
é