quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

49 Notícia devida


Um homem de trinta e cinco anos apareceu morto em sua casa ao fim da tarde. Felizmente, a sua mulher já aí estava, e tiveram assim a oportunidade de se despedirem antes de ele morrer de vez uma hora depois. Ao que se apurou, o homem estava morto há algumas horas, mas não tinha ainda dado por isso. Os exames realizados parecem confirmar esta hipótese, apontando para um situação rara de amnésia que impede o morto de tomar consciência da sua morte, estado que, segundo foi também referido, pode durar de uns escassos minutos a vários meses e até anos.

1 comentário: