domingo, 30 de novembro de 2014

3 Poemas

Talvez


talvez não adiante chorar
talvez não adiante rir mas
seja como for
chora quando te apetecer
ri quando tiveres vontade
prova o doce
prova o amargo
saboreia-os
é tudo o que podes fazer
por isso faz
faz o melhor que puderes
faz o melhor que souberes

*

O Lado Negro do Poema


quero ser a escuridão
na tua vida
a sombra em que repousas
da tirania da luz
a treva em que mergulhas
para te sentires só
o lado negro
da página em branco
em que todo poema
se escreve

*

Incapacidade Temporária


tem cuidado muito cuidado
não procures em tudo
um sentido

resiste ao canto surdo 
das sereias que te
encantam

talvez o seu mistério
seja não existir 
mistério algum

garantem-te sempre
que todos os caminhos
vão dar a Roma

mas talvez tu queiras
chegar a outro lado
qualquer

tem cuidado muito cuidado
avança sempre por tua
conta e risco




Sem comentários:

Enviar um comentário