quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Cassandra

A poesia oculta-se
nos interstícios das palavras
Todo o poema é profecia
O poeta diz o vazio e o espanto
que não conseguimos
imaginar
Silêncio que só escutamos
verdadeiramente
quando ele o diz.


Sem comentários:

Enviar um comentário