domingo, 10 de agosto de 2014

AUTO - RETRATO


 
Eu podia

ter escrito uma história ou um poema sobre

como me senti esta manhã na alameda

a menina que os pombos seguiam

em alvoroço

os gritos estridentes dos pavões

invisíveis

a casuarina que me foi apresentada

com pompa e circunstância

e que nunca falou

 

Eu podia eu podia

e fosse uma história ou um poema

tudo o que já disse também lá estaria

quase com as mesmas palavras

se em prosa e em verso

pouco importaria

 

Eu podia eu podia eu podia

e foi isso que fiz

na minha solidão

senti-me feliz

Sem comentários:

Enviar um comentário