quinta-feira, 17 de julho de 2014

INTERROGAÇÃO


Um homem perguntou a si mesmo o que era realmente importante para si e, inspirando e expirando profundamente, obteve a resposta.
A moral desta história talvez possa ser que que nem todas as histórias têm uma moral, ainda que tenham sempre um princípio e um fim.

Sem comentários:

Enviar um comentário