sábado, 7 de janeiro de 2012

poema reconstruído


aqui
onde as palavras
ainda me chegam
sento-me e
escrevo
me

abro-me em poesia
fecho-me em prosa

quase em silêncio escrevo
este poema que apenas diz
o que não consigo
[dizer]

...

Sem comentários:

Enviar um comentário