quarta-feira, 28 de setembro de 2011

WORK IN PROGRESS


queria muito viver
por isso se matou

[…]

É muito pouco?
É preciso dizer mais?
Mas são sete palavras!
Dizer mais é não só inútil
mas contra-indicado.
Não tenho razão?
Pronto, está bem,
eu continuo.

[…]

Ninguém se mata
porque quer morrer.
As pessoas matam-se
porque querem viver.

[…]

Está melhor assim?

1 comentário: