segunda-feira, 18 de abril de 2011

O ADEUS

Um dos meus objectivos ao criar/manter blogs - aquele que identifico como principal - sempre foi partilhar o que escrevo. O que sentia - e aindo sinto - é que desta forma aquilo que assim publico sempre pode - potencialmente - chegar a alguém. Neste aspecto o blogue parece-me um livro aberto, ainda mais aberto que qualquer livro, pois sempre aberto ao leitor e à leitura. O número de leitores regulares deste blog - poucos ou muito poucos - parece-me nesta medida irrelevante. Mas continuar a publicar neste blog também me parece fora de questão. Quem quiser ler-me tem aqui muito para ler, desde logo as páginas [livros mais ou menos completos] a que é possível aceder no início da coluna da direita. Dito isto, adeus.

sábado, 16 de abril de 2011

Eram três homens muito exagerados. O primeiro era tão pobre que nem dívidas tinha. O segundo era tão avarento que nem erros dava. O terceiro era normal, completamente normal.

sexta-feira, 15 de abril de 2011

quarta-feira, 13 de abril de 2011

terça-feira, 12 de abril de 2011

domingo, 10 de abril de 2011

Gosto de Oscar Wilde

Adoro falar sobre nada. É a única coisa de que percebo alguma coisa!


Oscar Wilde

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Snake Bag (2008)


[por Ai Weiwei]


Pedem-te desculpa

enquanto te apertam

firmemente

o pescoço.


E tu sorris

lentamente

enquanto questionas

a opressão.


Sempre te riste

da hipocrisia e

a tua arte nunca

temeu a morte