quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

A Próxima Aldeia



O meu avô costumava dizer: " A vida é espantosamente curta. Neste momento, comprime-se tanto na minha lembrança que, por exemplo, mal consigo perceber como pode um jovem decidir dirigir-se para a próxima aldeia sem temer que - abstraindo já dos acidentes infelizes - o tempo duma vida normal e sem azares não baste nem de longe para tal viagem."


Um médico rural (contos curtos)
Franz Kafka
tradução de Manuel Resende

Franz Kafka, Os contos, 1.º Volume, textos publicados em vida do autor (conforme Edição Crítica da Obra), Assírio & Alvim

1 comentário:

  1. O meu avô costumava dizer: "A vida é espantosamente curta. Agora, ao olhar para trás, ela concentra-se em mim de tal maneira que, não consigo compreender como é que um rapaz novo se decide a ir a cavalo até à aldeia vizinha sem recear - isto, para não falar já de acasos infelizes - que o tempo de uma vida normal nem de longe chegue para uma tal cavalgada."

    Parábolas e Fragmentos, Franz Kafka, tradução de João Barrento

    ResponderEliminar