quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

A arte do romance

René Magritte, O assassino ameaçado

*

Amava as mulheres

como amava as flores.

Contemplava-as distante,

aproximava-se lentamente,

aspirava-lhes todo o ser

e depois colhia-as

de morte.

Sem comentários:

Enviar um comentário