sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Não me perguntem porquê [1]



Perguntavas-me o que faz de alguém um escritor. Bastará ser publicado? É preciso ser reconhecido pela crítica? Vender muitos livros?

Eu dizia-te que não era nada disso, que era algo pessoal, íntimo, mas a verdade é que eu ainda não tinha respondido a essa pergunta.


4 comentários:

  1. Nem eu e poucas ou nenhumas pessoas o conseguem fazer, precisamente pelo íntimo da questão.

    Mas como és do Benfica a coisa é mais dificil e requer mais afinco ( risos ;) ) E eu que sou do FCPorto, também tenho os meus desafios aí presentes. Clubismo para a Literatura, gostei dessa tua frase, essa e outras tantas.

    Um abraço Luis Nogueira,
    Nogueira - um dos nomes do nome de Fernando Pessoa.

    p.s: Quando poderei ter o prazer de ler o teu livro, que editaste há uns anos? :) Teria gosto.

    ResponderEliminar
  2. E disse "Quando", não disse "Porquê" ;)


    G.

    ResponderEliminar
  3. ...que fixe...
    ...parecem conversas de passagem...
    ...um abraço Luis...

    ResponderEliminar
  4. o escritor? talvez isto:

    dança ao riso da linguagem
    a mão torcida
    no assombro do tempo
    do qual nada escapa
    porque nada escapa

    ass.: o poeta das caixas de comentários

    ResponderEliminar