quinta-feira, 21 de outubro de 2010

arte combinatória

Toda a arte é combinatória e a literatura não foge à regra e elege mesmo a combinação como pedra de base, desde a poesia ao romance. Os textos, por exemplo, que caem normalmente na definição de microficção vivem muito da combinação de elementos díspares, são textos marcadamente híbridos. Mas esta conversa terá de ficar para outra altura. Por agora fica criada uma nova rubrica: arte combinatória.

Sem comentários:

Enviar um comentário