segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

persistência



Olhas e olhas mas nada vês.

É uma questão de sentido, dizes

a ti mesmo, não uma questão de fé.

E olhas e olhas, uma e outra vez.

Olhas e olhas e nada vês.

Sem comentários:

Enviar um comentário