quinta-feira, 25 de junho de 2009

L.



L. adorava ler, mas tudo o que lia já tinha sido escrito, e isso aborrecia-o cada vez mais. Nunca deixou de ler, mas um dia começou a escrever.

1 comentário: