quinta-feira, 30 de abril de 2009

Fado

Durante o dia, andava sempre de óculos escuros.
À noite, acendia todas as luzes do apartamento.
Quando a morte o levou, ainda estava vivo.
Nunca foi capaz de aceitar o inevitável.

Sem comentários:

Enviar um comentário