terça-feira, 26 de julho de 2016

...

ARTE POÉTICA

 

Procura a verdade na simplicidade óbvia do mistério; deixa que as palavras se escrevam no silêncio emocionado da tua perplexidade; não tentes explicar o que quer que seja.
Talvez então, quem sabe, o poema verdadeiramente te diga.


 

 

Sem comentários:

Enviar um comentário