quinta-feira, 5 de abril de 2012

[POEMA PARA SER LIDO EM VOZ ALTA, PAUSADA E INTENSAMENTE]



Se eu quisesse

eu podia,

separar o corpo

da mente.

Assim,

de um momento para o outro,

de repente.

Se eu quisesse

eu podia,

mas pergunto-me

onde é que eu

afinal ficaria.

Separado o corpo

da mente,

o que de mim

restaria?


Sem comentários:

Enviar um comentário