segunda-feira, 5 de março de 2012

CERTEZA

Olho com espanto
repetido
a ilha que se move
na linha do horizonte

E de nada me
adianta
saber que é
afinal um barco

A poesia não é
mais do que
a verdade à procura
de si mesma

[...]


Sem comentários:

Enviar um comentário