sábado, 24 de março de 2012

AI QUE COISA(S)



nunca estou só
tenho sempre a minha poesia
e a minha vaidade

Sem comentários:

Enviar um comentário