quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Salva-vidas





Dentro e fora de mim
a vida convida à vida
a vida que me é devida
a vida ávida de vida
a vida mais que indevida
que mato uma e outra vez
quanto mais tento salvá-la
dentro e fora de mim.

Sem comentários:

Enviar um comentário