quinta-feira, 3 de novembro de 2011

AS 12 MELHORES PEQUENAS HISTÓRIAS DE TODOS OS TEMPOS

1



Só percebeu que a sala estava vazia quando terminou de falar após duas horas e não ouviu o som das palmas.






2


Sentia com frequência que tudo girava à sua volta. Os amigos diziam-lhe que consultasse o médico, mas ele respondia que era perfeitamente normal que assim fosse.






3


Achou toda a sua vida que os homens e mulheres eram todos iguais. Ele era, sem sombra de dúvida, o único que era realmente diferente.






4


Condenava com veemência a propriedade privada tal como ela existe. Queria tudo para si.






5


Diziam que nunca teve filhos porque era egoísta. Mas a verdade é outra. Ejaculou uma única vez e foi para guardar o esperma.






6


Desde pequeno que tinha um extraordinário poder. Sabia sempre onde era o centro do universo.






7


Ficava doido quando se riam dele e lhe recordavam que não era perfeito. Esse foi até um dos principais motivos porque se tornou palhaço.






8


Toda a sua vida nunca ganhou o que quer que fosse. Era tão bom que se recusava a competir.






9


Teve sempre muitas dificuldades na conjugação dos verbos. Nunca passou da primeira pessoa.






10


Todos achavam que ele era cego quando a verdade é que ele só se via a si mesmo.






11


Falava sempre de si e as pessoas às vezes aborreciam-se. Não sabiam que para ele era uma questão de vida ou de morte. Estava sempre tão cheio de si que se não se esvaziasse um pouco rebentaria.






12


Nunca deu nada, nem mesmo importância à vida. Morreu cedo.

Sem comentários:

Enviar um comentário