sexta-feira, 30 de setembro de 2011

a construção do poema

o poema
deve atravessar a folha como

um golpe de vento
um voo de ave
um feliz passo de dança

não tentes escrever
o poema

deixa que ele se escreva
e reescreva

Sem comentários:

Enviar um comentário