quarta-feira, 13 de outubro de 2010

HOMEM DO FRAQUE

Por princípio não sou muito a favor do anonimato. Em geral serve para nos escondermos e, nos dias de hoje, demonstra muitas vezes alguma falta de coragem. Tal se tem visto nos blogues, quer nos seus autores quer nos seus comentadores. Mas se este era o princípio, no final podem haver sempre excepções.
O Homem do Fraque parece ter intenções sérias (no bom sentido) e o anonimato não parece servir fins menos próprios.
Anuncia-se como um blogue sobre livros, espaços e escritores que promete especial atenção ao Algarve.
Tenho gostado de o ler e vou continuar a fazê-lo.

Sem comentários:

Enviar um comentário