domingo, 8 de agosto de 2010



He venido al desierto pa' reirme de tu amor
Que el desierto es más tierno y la espina besa mejor

He venido a este centro de la nada pa' gritar
Que tú nunca mereciste lo que tanto quise dar

He venido yo corriendo, olvidándome de ti
Dame un beso pajarillo, no te asustes colibrí

He venido encendida al desierto pa' quemar
Porque el alma prende fuego cuando deja de amar

(tradução livre)

Vim ao deserto para rir do teu amor
Que o deserto é mais terno e o espinho beija melhor


Vim ao centro do nada apenas para gritar
Que tu nunca mereceste o que tanto te quis dar


Vim eu a correr, esquecida de ti, meu amor
Dá-me um beijo passarinho, não te assustes beija-flor


Vim em chamas ao deserto apenas para queimar
Porque a alma se incendia quando deixa de amar

Sem comentários:

Enviar um comentário