quarta-feira, 24 de junho de 2009

E.



Aos 20 anos E. apaixonou-se pela primeira vez, mas não foi correspondido. Depois disso não só se esqueceu dela por completo como nunca mais se interessou por mulher alguma. No entanto, até à sua morte, com 81 anos, nunca deixou de acreditar no amor.

Sem comentários:

Enviar um comentário