domingo, 28 de junho de 2009

Notas à margem de um ensaio sobre o conto

[A arrumar papéis encontrei estas notas de que já não me lembrava.]



O conto tem por objectivo dizer a verdade, só por isso mente.

Escrevia como se lhe fosse ditado. Não sabia escrever de outra forma.

Nunca contava o mais importante, mas a verdade é que se não fosse muito importante nunca o tentaria contar.

[...]

Sem comentários:

Enviar um comentário