terça-feira, 12 de maio de 2009

7 palavras

No próximo dia 16, a partir das 15 horas, no espaço da semana académica, na tenda da RUA, orientarei uma sessão de exercícios de escrita breve.

O ponto de partida serão sete palavras. O que se pode fazer com sete palavras?

--->

HISTÓRIAS VICIADAS

I

A FORÇA DO HÁBITO
Fumava. Bebia. Fornicava. Sempre pela mesma ordem.

O MILAGRE
Perdeu a fé. Depois nunca mais pecou.

O MONGE
Deixou o hábito e entregou-se ao vício.

O VICIADO
Cortaram-lhe as mãos. Continuou com os pés.

O VIRA-CASACAS
Morreu e passou a acreditar em Deus.

TEMPOS MODERNOS
Para poupar tempo, fornicava sempre de pé.

A FEMINISTA DETERMINADA
Amava-o mas não tinha escolhido amá-lo. Deixou-o.

II

INJUSTIÇA
Matou: condenaram-no numa multa. Não pagou: prenderam-no.

ELOGIO DA BREVIDADE
Escreveu sete palavras num dia. Magníficas. Decisivas.

O PRINCÍPIO DO CONTRADITÓRIO
Quase nunca falava, mas adorava sexo oral.

O MESTRE XADREZISTA
Só conhecia duas palavras, xeque e mate.

OPORTUNIDADE PERDIDA
Começou e acabou ainda antes de começar.

A MESMA HISTÓRIA DE SEMPRE
O quê, quem, quando, onde e como.

SÍSIFO
Abriu o livro. Estava novamente em branco.

Luís Ene

Sem comentários:

Enviar um comentário