quarta-feira, 15 de abril de 2009

o sábio e o idiota

O sábio apontou para longe e o idiota, como sempre, olhou para o dedo esticado e para a unha suja e mal tratada. Decidiu-se finalmente e arrastou o sábio até à manicura mais próxima, indiferente aos seus protestos. A partir daí, quando o sábio olhava para longe, o idiota olhava para o dedo esticado e para a unha limpa e bem tratada.

[A moral desta história é simples: até os sábios são capazes de actos idiotas e os idiotas de actos sábios.]

2 comentários:

  1. Estou me deliciando com os links aí ao lado. Pena ter menos tempo do que gostaria para ouvir/ler tudo. Mil beijos! Heloisa

    ResponderEliminar
  2. Todos temos um pouco de sábios e um pouco de idiotas.

    :)

    ResponderEliminar